Este site pertence a Leopoldo C. Baratto, fundador e coordenador do PlantaCiência. 2019.
Buscar
  • plantaciencia

Efeito analgésico da bromelina do abacaxi é desvendado


Pesquisadores da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) descobriram que a bromelina é responsável pela liberação de encefalina – considerada uma morfina endógena – a partir de sua proteína precursora, a proencefalina, que também é encontrada na parede do intestino delgado.

No encéfalo, a liberação de encefalina a partir da proencefalina é bem conhecida pela ciência. Ela ocorre pela ação de proteases específicas – enzimas que quebram proteínas e peptídeos – presentes no tecido cerebral e é uma rota importante para o controle da dor. A encefalina age em receptores opioides, como a morfina ou a encefalina.


Clique aqui para ler a reportagem na íntegra.

Pesquisadores da Unifesp descrevem como uma enzima encontrada no abacaxi gera no intestino a encefalina, peptídeo normalmente produzido no cérebro e que tem efeito semelhante ao da morfina (imagens: divulgação e Greg Montani-Pixabay)


6 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

© 2019 Desenvolvido por Leopoldo C. Baratto, coordenador do Projeto "PlantaCiência".