Este site pertence a Leopoldo C. Baratto, fundador e coordenador do PlantaCiência. 2019.
top of page

Victor Guimarães, biólogo bacharel, mestre e doutor em Ciências da Saúde (Unimontes). Desenvolve pesquisas nas áreas de mecanismos moleculares das doenças e descoberta de novos fármacos no contexto da síndrome metabólica e câncer de cabeça e pescoço.

Victor Guimarães

Colunas

Maçã: de Adão e Eva no paraíso até a nossa mesa

Maçã! Certamente, se você escutou essa narrativa do livro do Gênesis, irá associar a esse fruto. Embora a narrativa do Éden diga “fruto do conhecimento do bem e do mal” ou “proibido” em outras traduções, a sua difusão como sendo sinônimo de maçã se deu por volta do ano de 1667. O principal responsável foi o inglês John Milton, o qual cita duas vezes em sua obra “Paraíso Perdido” (Paradise Lost), a maçã como o fruto do pecado. Essa ideia foi embasada com a tradução equivocada do trecho bíblico, pois a palavra malus em latim significa tanto “mal” quanto “maçã”.

bottom of page